Gun

Em 2005, 8 de novembro, a Activision apresenta o Gun, um game da Neversoft. GUN é um game de ação e aventura em terceira pessoa baseado em fatos históricos ocorridos no oeste estadunidense por volta dos anos de 1800.

  • Sinopse

    Designado a apresentar aos gamers já crescidos uma aventura de vaqueiro (não de cowboy) bem feita, Gun conta uma clássica história do oeste estadunidense de revanche e individualismo rude, com o jogador no papel da estrela. Colton White foi roubado de sua herança histórica por todo um período de vida de mentiras; agora ele almeja tomar posse de seu destino e se tornar seu próprio homem. A estrutura de missão de término aberto e ambientes expansivos permitem ao jogadores explorar a fronteira conforme eles escolherem. Missões oferecem a variedade de estilos de jogabilidade, incluindo ações furtivas, disparo de precisão, e cavalgadas.

    Os jogadores podem desenvolver Colton White a ser um empertigado clássico herói que protege inocentes e segue a código de retidão, ou um solitário vingador que melhor serve a comunidade fronteiriça servindo a si mesmo primeiro. A história do game progrede através duma série de missões maiores, mas muitas missões laterais permitem ao herói desenvolver habilidades e nada ganhar. Dinheiro e outros recursos cruciais podem ser adquiridos colecionando recompensas, vencendo a mesa de poker, ou por meios civicamente menos empertigados.

    Gun foi desenvolvido pelo estúdio veterano Neversoft, renomado como criador da série Tony Hawk’s. A história do game foi escrita pelo roteirista Randall Jahnson, também roteirista de Sunset Strip, The Mask of Zorro, e The Doors.

     


    Capturas de ecrã


    Destacamentos-chave

    • Aventura livre de itinerância no oeste selvagem estadunidense, dos desenvolvedores de Tony Hawk’s.
    • Atue como Colton White enquanto alveja os fora-da-lei, nativos estadunidenses, e legisladores decadentes.
    • Colecione recompensas, proteja vagões, pilote uma canoa ou um barco a vapor, e combata enquanto cavalga.
    • Explore lugares selvagens, desertos, montanhas capeadas por neve, cidades, e outros lugares externos.

  • Controvérsia

    A Association for American Indian Development fez uma petição para a Activision remover toda a “representação degenerativo, prejudicial, e não-acurado dos indígenas estadunidenses” conforme eles foram indignados sobre Apache serem mostrados abatendo membros renegados de sua própria tribo, a matança e o escalpelamento de Apaches é um requisito do game, e a matança de animais brancos sacros  foi mostrada como parte de sua cultura (a qual isso não é).  Se estes não fossem removidos e o jogo fosse reeditado, seria necessário um recall total.

    Em resposta, a Activision declara:

    “Activision does not condone or advocate any of the atrocities that occurred in the American West during the 1800s. Gun was designed to reflect the harshness of life on the American frontier at that time. It was not Activision’s intention to offend any race or ethnic group with Gun, and we apologize to any who might have been offended by the game’s depiction of historical events which have been conveyed not only through video games but through films, television programming, books and other media.”

    Em português. Tradução por Veryzon.

    “A Activision não condena ou advoga quaisquer das atrocidades que ocorreram no oeste estadunidense durante os anos de 1800s. Gun foi designado para refletir o severidade da vida na fronteira estadunidense naquele tempo. Não foi intenção da Activision ofender qualquer raça ou grupo étnico com Gun, e nós nos desculpamos a qualquer que tenderia de ser ofendido pela representação histórica dos eventos do game, os quais hão sido transmitidos não somente através de games, mas através de filmes, programas televisivos, livros e outras mídias.”

Leave a Reply